1 de jun de 2011

[TEORIA] Quem são os Observadores?




Creio que todo mundo já se perguntou "Quem são os Observadores?". E acho também que ninguém nunca chegou numa teoria completa. Sabemos que são pessoas (?) seres atemporais que estão ali para corrigir ou supervisionar a linha do tempo. Seria isso? Ok, isso que eu disse foi bem complicado. (risos) Mas são muitas as perguntas relacionadas a esses misteriosos carecas, algumas do tipo:

- "O que são os Observadores, se não humanos?"
- "Se eles são humanos, por que não sentem o gosto das comidas?
- "Por que os Observadores têm nomes de meses do ano?"
- "Só existem 12 Observadores?"
- "De onde eles vieram?"
- "Por que eles não têm sobrancelhas?"
- "Qual é o objetivo deles? O que eles fazem?"
- "Eles têm o controle das realidades? Do tempo?"
- "Aquele binóculos deles, tem alguma função especial?"
- "Quais são as suas conexões com os eventos do Padrão?"
- "Eles têm alguma conexão com a criança do episódio "Inner Child"?"

E por aí vai... Bem, vamos então fazer uma análise para tentar entender um pouco mais quem são eles.


Primeiramente, vou colocar um vídeo que a Fox divulgou há um ano atrás, onde os produtores executivos da série falam naquele vídeo "Secrets of Fringe" sobre os Observadores. Veja a tradução logo abaixo do vídeo:


TRADUÇÃO:

Brandon: Estes tipos aparecem em momentos importantes. Recentemente foram contadas mais de 26 aparições nos últimos 3 meses
Peter: Por que agora?

FRINGE: Os Segredos de Fringe

> Os Observadores

Walter: Peter e eu sofremos um acidente de carro.
Peter: Sim, em um lago congelado, quando eu era pequeno.
Walter: Ele nadou e nos salvou.

> A relação entre "September" e nosso grupo

Pinkner: September foi claramente escolhido para...
Wyman: Eles são o seu objetivo.
Pinkner: É Walter ou Olivia ou Peter, não está claro no momento. Mas claramente sua responsabilidade é cuidar do grupo.
Wyman: Nosso grupo.

> O acordo que Walter fez com os Observadores

Pinkner: No episódio "August", claramente Walter ao ver o Observador fica muito nervoso. E parece que tem um sentimento oculto, ele fica pensativo. Basicamente sente que tem uma conta a pagar.
Walter: Por favor, não leve o meu filho. Teu amigo e eu temos um pacto, um acordo.
Pinkner: E continuam se vendo, sabem de onde vêm isso.

> Verde, verde, verde, vermelho

Pinkner: Nós dissemos quando começamos essa temporada, que este seria um show em que nós não iríamos enrolar as pessoas constantemente com mistérios, e sim que iríamos responder às perguntas e essas respostas te levariam a mais perguntas. Dito isso, ainda há mais coisas que estamos plantando e que estamos deixando que venham à superfície, e com as quais vamos lidar enquanto avançamos. Uma delas é o que já vimos umas quantas vezes desde o início da temporada passada: Um padrão repetido de cores e luzes. Talvez tenham ou não um significado, talvez sejam ou não um significado com o que vamos lidar agora. Mas parece estar centrado ao redor dos Observadores.
Homem: Posso lhe ajudar?

> "The Rogue"

Pinkner: Tem um personagem que nunca foi chamado pelo nome e alguns de nossos atores se referem a ele como "The Rogue" (Em uma tradução pro português, algo como "O puro", "O genuíno"). Assim era o nome que aparecia no roteiro. O puro de quê? Nós vamos descobrir.

> As sobrancelhas dele são falsas?

Pinkner: Suas sobrancelhas são provavelmente falsas, mas isso não quer dizer que necessariamente seja um Observador.
Wyman: Ele tem o seu próprio propósito.
Pinkner: Sim.

> Os Observadores são do nosso lado, do outro lado ou de um terceiro lugar?

Pinkner: Creio que os Observadores estariam muito limitados se fossem do nosso lado ou do outro lado. Creio que os Observadores, como já dissemos, estão observando e creio que estão observando muito mais que apenas esses dois lados.
Wyman: Se apenas os colocarem em um contexto, eu acho que as pessoas entenderiam, sem a necessidade de ver episódio no futuro. Creio que lhe daria uma melhor habilidade de colocá-lo em um contexto.
Observador: Interferimos antes...
Observador 2: Apenas para corrigir um erro que nós mesmos cometemos.
Pinkner: Uma de nossas partes favoritas de Harry Potter, é que cada um dos livros conta sua própria história, e assim se constrói a história. E quando você chega no último livro, se dá conta de que tem coisas que estavam desde os primeiros livros, e que o último livro não poderia ter sido contado sem que tivesse sido colocado essas coisas no primeiro livro. E nós temos esperança de que haja muitas outras temporadas de Fringe. E que os Observadores tomem mais e mais significados para todos enquanto avançamos. Mas agora é como a infância de sua história.

Além da aparição de um deles, pelo menos, em cada episódio (clique aqui e veja o Observador em todos os episódios das temporadas), na própria abertura da série, se pausada, é possível ler isto:

Observers are here (Observadores estão aqui)

Que eles têm uma grande importância na série, isso não tenho dúvidas. Em uma outra entrevista, os produtores disseram que os Observadores serão tratados com muita frequência nessa 4ª temporada. 

Vou colocar algumas teorias que encontrei em comunidades sobre Fringe, falando dos Observadores:

(São apenas TEORIAS de outras pessoas!)

- "Eles são as Primeiras Pessoas."

- "Eu acho que os Observadores são remanescentes do povo antigo que já viram, de alguma forma, o curso da história e assim não interferem, só quando o Peter do outro lado estava para morrer e o walter encontrou a cura. Enfim, tudo aconteceu porque um observador interferiu no curso da história. E eu acho que eles têm algo a ver com a máquina do Peter."

- "Eles podem ser uma espécie que viaja no tempo, ou alienígenas, ou os criadores do universo. Ou até mesmo anjos que apenas observam e se encarregam de que a linha do tempo não seja interferida."

- "Vamos falar da importância do Peter. Desde o início foi ressaltada a importância DESTE PERSONAGEM, em específico. E tenho a desconfiança de que a barreira entre os Universos foi violada muito antes da ida do Walter para resgatar o Peter paralelo - somente isso justificaria o treino de crianças em nosso Universo como "guardiões", já que Peter e Olivia regulam de idade. Se não havia barreira quebrada antes, porque a preocupação? A ida do Walter ao mundo paralelo detectado não deve ter sido a primeira, e provavelmente William Bell já circulava entre os dois mundos (ou três, ou quatro) muito antes do Walter ter ido, para traficar tecnologia, mas colocou a culpa no Walter. Este somatório de possibilidades justificaria o treino da Olivia e de outros com Cortexiphan, na mais tenra infância. Quanto aos Observadores, tenho a impressão de que são de um 3º ou 4º Universo paralelo, ou são as Primeiras Pessoas, já que teoricamente existem infinitos Universos paralelos e não apenas dois."

- "Como em algumas várias séries nessa linha, e hipóteses diversas, é meio óbvio que os Observadores são "Senhores do destino" ou algo similar. Seres atemporais que estão ali para que nada interfira na linha do tempo predestinada, ou se interferir, que haja um conserto desse "erro cósmico"".

- "Assim como o Walternativo inventou os METAMORFOS, o Walter inventou os OBSERVADORES!"

E quanto àquele pacto/acordo que o Walter diz para o Observador no vídeo acima (0:52segs)? Walter diz: "Por favor, não leve o meu filho. Teu amigo e eu temos um pacto, um acordo". Será que esse acordo não tem a ver com algo do tipo: os Observadores não levam Peter de volta para o Universo Paralelo, mas no futuro ele se tornará um deles, um Observador. (?) O que você acha?

Deixe um comentário com a SUA TEORIA!

0 teorias:

Postar um comentário

.