14 de fev de 2012

Perguntas & Respostas: Fringe




Pergunta: Houve drama e confusão no Twitter sobre como Fringe está agendada para o resto da temporada e o que isso significaria para o futuro da série. Sei que ela não será transmitida por algumas semanas em março mas que volta com novos episódios. Você poderia explicar o que está acontecendo e se isso é tão sério quanto alguns estão pensando? - Amanda

Matt Roush: Drama no Twitter? Tem certeza? Seria algo tão estranho! Deixando de lado o sarcasmo, isso não é mais sério que qualquer outro aspecto referente à existência precária de Fringe às sextas-feiras. Depois de transmitir episódios originais durante todo o mês de fevereiro, a Fox está aparentemente optando por remover Fringe pelas primeiras semanas de março em vez de rodar repetições, o que diminuiria ainda mais a baixa média de audiência. Fringe retornará em 23 de março e será transmitida pelo resto da temporada sem episódios repetidos. Novamente, nada de extraordinário aqui, exceto que isso reforça a baixa audiência da série, que só ficaria pior em replays.

Pergunta: Outra pergunta sobre Fringe: As pessoas continuam falando sobre isso como se fosse um produto da Fox, mas no meu entendimento é uma produção da Warner Bros. comprada pela Fox. Não faço ideia de como isso aparece no DVD ou em transmissões no exterior (grandes problemas para os shows da CW) mas se estavam trocando de rede apenas para chegar à marca dos 100 episódios, a CW não seria o canal mais lógico para a transmissão da série? Quero dizer, a Warner deveria ter os direitos de reprodução e não a Fox? Fringe é um dos poucos programas que consigo assistir inúmeras vezes. E considerando que geralmente gosto muito pouco de J. J. Abrams, isso diz muito. – Barbara

Matt Roush: Com isso, acho que agora levamos à exaustão nesta coluna todas as alternativas possíveis e imagináveis à não renovação de Fringe pela Fox. Você está certa quanto a Fringe ser produzida pela Warner Bros., e visto que a CW basicamente existe como uma plataforma de distribuição para programas da WB e CBS/Paramount que não poderiam sobreviver em qualquer lugar exceto talvez na TV a cabo, há lógica nessa teoria, dado que os números conseguidos pela Fox pareceriam quase robustos para os padrões da CW. E seria uma série relativamente compatível com Supernatural ou programas desse tipo. Logo, não se trataria uma situação tão estranha, apesar de isso provavelmente ainda ser uma possibilidade remota, devido ao orçamento e a outros aspectos (incluindo que a CW já anda ocupada trabalhando para a próxima temporada e talvez não esteja em condições de aceitar sobras dos outros).

Traduzido por @AlineNardes


0 teorias:

Postar um comentário

.